• Em todo portal
  • Em Relação com Investidores

Notícias Corporativas

Santos Brasil participa de encontro na FIESC em Florianópolis

29/08/2017

O gerente-executivo da Santos Brasil em Imbituba, Paulo Pegas, participa amanhã, dia 30, de reunião da Câmara para Assuntos de Transporte e Logística da FIESC. O encontro vai discutir como o Porto de Imbituba pode ser uma alternativa eficiente de transporte para os mercados da Ásia. Também estará presente no evento o diretor presidente do porto, Luís Rogério Pupo Gonçalves.

Líder na prestação de serviços portuários e logísticos para a cadeia do contêiner, a Santos Brasil quer atrair o interesse de empresas de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, oferecendo serviços com eficiência e diferenciais importantes. Um deles é o novo serviço de navegação de longo curso para a Ásia, que terá início em setembro, com escalas semanais para atender todo o mercado do Sul do País. Serão 13 embarcações dedicadas, entre elas o Hyundai Loyalt, maior porta-contêineres a frequentar a costa brasileira atualmente.

"Oferecemos uma nova alternativa logística para cargas de diversos setores da economia de nossa região com custo benefício muito atrativo", salienta Paulo Pegas, referindo-se aos mercados petroquímico, metalmecânico, automobilístico, fumageiro e de maquinário agrícola, entre outros.

Desde 2008, a Santos Brasil já investiu R$ 520 milhões em obras de expansão, renovação e aquisição de equipamentos em seu terminal catarinense, que possui capacidade para movimentar anualmente 450 mil TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), 207 mil metros quadrados de área total e 660 metros de cais acostável.

O terminal de contêineres de Imbituba é privilegiado por estar em uma enseada de mar aberto e de águas profundas. Não têm restrição para acesso, nem em função de calado (profundidade) e nem por mau tempo. Além disso, é o mais competitivo da região do ponto de vista financeiro, com custos logísticos e portuários cerca de 30% inferiores aos concorrentes. Sua localização é estratégica, ao Sul de Santa Catarina, equidistante de Porto Alegre (RS) e de Curitiba (PR) cerca de 360 Km, e a 90 quilômetros de Florianópolis, com fácil acesso rodoviário pela BR-101 e à malha ferroviária regional.
Retornar ao Menu
_
Aperte ( Esc ) para sair.