notícias corporativas

Santos Brasil apresenta Relatório de Sustentabilidade 2017 08/05/18 17:00

O novo Relatório de Sustentabilidade da Santos Brasil está disponível no site da empresa (www.santosbrasil.com.br) e apresenta os resultados, avanços e desafios, obtidos e superados nas esferas econômica, social e ambiental em 2017. Esta é a décima edição da publicação, que adota as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), em seu modelo mais atualizado, a versão Standards.

O relatório apresenta, além dos resultados econômicos do ano, os avanços da empresa nas quatro questões definidas como prioritárias para sua sustentabilidade: Saúde e Segurança; Transparência e Práticas Anticorrupção; Emissões de CO2, Consumo de Água e Gestão de Resíduos e Desenvolvimento Humano.

A novidade é que nesta edição um dos valores corporativos da empresa, a Inovação, ganhou destaque. De acordo com a gerente executiva de Comunicação, Sustentabilidade e Inteligência Corporativa, Raquel Ogando, a inovação faz parte do DNA da empresa desde que iniciou suas operações no País em 1997. ¿Nossa trajetória de pioneirismo se traduz no desenvolvimento de soluções que visam melhorar a competitividade dos nossos clientes e do comércio exterior brasileiro. Buscamos sempre antecipar a demanda do mercado e hoje somos considerados referência no setor em decorrência desta estratégia visionária¿, complementa.

Alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas), a Santos Brasil tem concentrado esforços para mitigar os impactos ambientais gerados por suas operações. No ano passado, por exemplo, as operações portuárias registraram intensidade de emissões de 14,85 kgCO2 e/TEU, queda de 3,08% em relação ao ano anterior. Da mesma forma, as emissões por pallet movimentado foram reduzidas de 0,63 kgCO2 e/pallet para 0,53 kgCO2 e/pallet, na área logística. A geração de resíduos não recicláveis apontou queda de 15,17%. Já em relação aos resíduos recicláveis, o aumento foi de 17,62%. O consumo de energia totalizou 36.529.143,21 kWh, o que significa uma redução de 4,20% em relação a 2016.

Vale lembrar que a empresa também é signatária do Pacto Global da ONU, iniciativa que visa mobilizar corporações de todo o mundo a adotarem práticas e valores nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

    _
    Aperte ( Esc ) para sair.
    prancheta.com